Olá, amores!

Hoje tem #desabafaJaque, hahahaha (acabei de inventar essa hashtag, mas já considero pacas!).

Gente, fala sério! Poucas coisas são tão desagradáveis, quanto sentir olhares acusadores… Sabe quando a pessoa te olha com aquela cara de quem acha que você não está percebendo as milhões de coisas que ela está pensando ao seu respeito? Pois bem!

deboche

Ontem, eu, pobre trabalhadora, assalariada, que cumpre jornada de trabalho e ainda faz hora extra, que havia almoçado ao meio dia, e às 21h ainda estava voltando faminta para a casa, tive a péssima idéia de parar num quiosque do Bob’s e pedir um criminoso Milk Shake de Ovomaltine (pequeno!).

Gente, que crime contra a sociedade politicamente correta, que não come besteiras, nem faz lanches na rua.

Fiz o pedido, paguei, peguei meu shake e fui para o ponto de ônibus, esperar minha condução que sempre demora um século para passar. Eis que olhando para a fila ao lado, percebo o olhar de uma senhora, como que dissesse “por isso que é gorda!”.

Achei que era coisa da minha cabeça, maaaas não, não era!tumblr_m6f24zYizc1r88zzj

Ela continuava a me olhar fixamente, fazia umas caretas engraçadas, que eu suponho serem involuntárias, senão ela não as teria feito, pois estava ridícula. E como se não bastasse, começou um diálogo aprofundado com alguém da frente sobre como a obesidade é o mal do século, e mimimimi…

Meu ônibus chegou, eu fui e ela ficou. Por um momento aquilo me deixou entristecida, mas logo depois passou como sempre passa.

Resolvi escrever pra desabafar com vocês, o quanto as pessoas estão acostumadas a julgar umas as outras. Isso é triste, muito triste. Não por mim, mas por ela, que precisou externar sua incompreensão em ver uma pessoa gorda se alimentando como outra qualquer.

Será que se eu falasse pra ela que saio de casa às 6h e muitas vezes só chego depois das 22h00, e que mesmo tendo almoçado ao meio dia, ainda assim eu sinto fome, ela teria me olhado com tanta reprovação?

yJZx5Y

Acho que sim!

A sociedade marginaliza (coloca a margem) diversos estereótipos de pessoas, rotula, classifica… No caso do padrão estético: “Gordo não pode ser saudável”, “gordo desconta a tristeza na comida”, “será que ela é mesmo feliz assim, com esse peso todo” e tudo aquilo mais que nós já conhecemos.

Mas gente, qual a dificuldade em entender que cada um é livre para ser aquilo que é, seja gordo ou magro.

Migas magrinhas, falem a verdade se também não é um saco quando vocês, que comem pouco, colocam sua comida no prato e alguém insuportável fica com aquelas piadinhas de “por isso que é magra” “não se alimenta direito” “nossa, parece anoréxica” e mimimi…

Por isso que não dou ouvidos aos comentários e olhares maldosos. Prefiro viver de acordo com aquilo me faz feliz e bem!

Uma vez eu li que quem quer agradar todo mundo não agrada a ninguém. Cada dia essa frase faz mais sentido para mim. E hoje procuro agradar primeiramente a mim mesma!

3 comentários. Deixe novo

Amei o blog, amei esse texto, amei a sua foto de perfil aqui do blog, amei tudo! Vai com tudo, gata! O mundo é seu! Se joga! ❤️❤️❤️❤️

É isso mesmo amiga, falo por mim que muitas vezes preocupada com a opinião alheia acabo não vivendo. Continue sendo você: linda, livre e única!!!! Beijão

Jaque super me identifiquei com esse post, adorei demais!
Parabéns pelo texto e pelo blog, tá tudo lindo!

Sucesso <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *